Corpo do aparelho tem dobra em dois pontos distintos. Samsung e Royole optaram por apenas um eixo de torção.

A Xiaomi publicou um vídeo que demonstra aquele que deve ser o primeiro celular dobrável da marca. O conteúdo, postado na rede social chinesa Weibo, traz o CEO da fabricante, Bin Lin, manuseando o protótipo que dobra em dois pontos para mudar do formato: de tela estendida para algo mais próximo às dimensões de um smartphone.

O mecanismo de dobra em dois pontos (repartindo o aparelho em três retângulos) diferencia a ideia da Xiaomi da adotada no Royole FlexPai e ao protótipo da Samsung, ambos modelos que dobram apenas em um ponto.

A ideia de dobrar em dois pontos é interessante porque permite ao modelo da Xiaomi um design mais simétrico. Além disso, a dobra em dois pontos torna o aparelho mais próximo de um tablet no formato estendido sem comprometer o formato smartphone quando a tela é dobrada.

O vídeo mostra o aparelho funcionando e a interface gráfica reagindo com agilidade à cada dobrada de tela.

Bin Lin afirma que a Xiaomi trabalha com alguns nomes para um eventual lançamento comercial do aparelho: Mi Dual Flex ou Mi Mix Flex, embora a marca ainda se declare aberta a outras sugestões.

Tela dobra em dois pontos, diferencial que torna o modelo da Xiaomi mais simétrico — Foto: Reprodução/Weibo

Tela dobra em dois pontos, diferencial que torna o modelo da Xiaomi mais simétrico — Foto: Reprodução/Weibo

Embora mostre um produto aparentemente maduro, o CEO da Xiaomi explica que trata-se ainda de um protótipo. O executivo ainda explica que para chegar nesse estágio a Xiaomi precisou contornar uma série de problemas relacionados ao desenvolvimento da tecnologia e a própria adaptação da interface gráfica MIUI ao um aparelho cuja tela muda de tamanho.

Fonte: techtudo

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *